sexta-feira, maio 27, 2011

Adormecer

Sou daquelas pessoas que não tem dificuldade alguma em adormecer. Na medida em que começo o dia antes dos galos acordarem, é normal que em muitos casos, quando a noitada dos meus caríssimos(as) e queridos(as) amigos(as) está a começar...a minha está a terminar.

Não me preocupam minimamente as várias e "doces" boquinhas, vindas daqueles que elenco acima, e relativamente ao facto de às 2430H já ter aberto a boca 956 vezes. Sou um "day guy". O dia é para começar-se cedo. Já saí muito à noite, durante vários anos e se fosse contabilizar as horas de sono que perdi (nas noitadas), apanhava facilmente um susto que me fazia ficar gago durante uns 4 meses.

Resumidamente, as prioridades do presente momento não passam por sair à noite até "desoras". Não gosto e não tenho paciência. Pior...a dado momento, quando chega a determinada hora, começo a ficar bêbado de sono. Literalmente. Apodera-se de mim um cansaço tão grande, que rapidamente entro em "modo-de-alta-descontracção", e deixo de ouvir a totalidade da mensagem do(a) meu/minha interlocutor(a). Naturalmente que não o faço de propósito, mas lamentavelmente acontece. Da mesma forma que chegou a acontecer adormecer de olhos abertos (algo único e nunca antes visto) em algumas sessões da pós-graduação (e tal ter sido presenciado pelas minhas colegas), ou quase já ter adormecido ao volante - questão muito delicada e perigosa.

Para terminar, acho que se devia deixar de sair à noite. Os bares deviam abrir às 0600H em vez de fecharem a essa hora. Qual é a piada fazer tudo isto de noite? Aliás, é sabido que de noite as pessoas até parecem ser mais bonitas...Assim via-se logo quão bonitas são. Talvez se evitassem 60% das abordagens!! Eles e elas agradeceriam. Em vez de se beber uns copos antes de ir para a discoteca, bebiam-se uns sumos de fruta. E quando acabasse a discoteca, ia-se então comer um fausto e bem regado cozido à portuguesa ali na Malveira. Conseguia-se assim que aqui o escriba pudesse também ir dar um pezinho de dança com alguma felizarda!

Próximo Tema: Licença sem vencimento

Sem comentários: