quinta-feira, junho 30, 2011

Frieza

Oiço muitas vezes falar em "frieza" na forma como se fala ou na forma como se avaliam as coisas. Quanto questiono o porquê da utilização de uma palavra tão forte, na quase totalidade das vezes não concordo. E são várias as razões pelas quais não concordo.

Este tema está muito relacionado com um que desenvolvi há dias. As pessoas não estão habituadas a ser confrontadas com a realidade das coisas. A esmagadora maioria das pessoas com quem tenho a felicidade de privar prefere, confortavelmente, viver no tal mundo da fantasia e ouvir as coisas ditas com delicadeza ou "anestesia". Como que a prepará-las, com tempo, com calma e sem grande preocupação. Pois aqui divirjo completamente deste tipo de abordagem e como tal, sou tido como sendo frio.

Importa pois dizer que esta minha qualidade (defeito para muitos) veio para ficar. Enquanto entender que devo dizer as coisas com frontalidade, com a mesma sinceridade de sempre e tentando nunca interferir com o bem-estar e individualidade de cada um, pautar-me-ei como até aqui por dizer tudo o que penso e da forma que entender adequada. Enquanto entender que sou respeitador e fiel aos meus princípios orientadores de vida, farei tudo o que estiver ao meu alcance para melhorar a vida daqueles que gosto, dizendo-lhes o que têm de saber. Com máxima frontalidade e sem floreados. Sempre.

Próximo Tema: Alinhamento Noticioso

2 comentários:

Anónimo disse...

frontalidade, objectividade ou assertividade não são sinónimos de frieza. frieza é mais a ausência de emoção nas expressões ou atitudes. Podemos e devemos dizer sempre o que pensamos, quer vá ou não de encontro às expectativas do interlocutor. Sou adepta de comunicação expressiva. É um prazer ler-te.

HS

Anónimo disse...

Frieza e' mostrar indiferenca a alguem. Na minha opiniao, e na maioia das vezes, com o proposito de. Frieza, nada tem a haver com sinceridade ou fontalidade.

DiegoKarla