sexta-feira, setembro 02, 2011

Estados de Espírito

São vários os estados de espírito que experimentamos nos nossos quotidianos. Cada momento, cada situação, corresponderá um estado de espírito diferente. Uns bons, uns menos bons.

Este vosso escriba é o exemplo vivo do quão diferentes podem ser os estados de espírito de alguém ao longo de um dia. Começo logo o dia com o meu mau humor que quem comigo priva tão bem conhece. É já intrínseco. No dia em que acordar bem disposto algum mal estará para vir ao mundo. Passando mais tarde por um período de bom humor, "balizado" do meio da manhã até meio da tarde. Curto, é certo, mas de genuíno bom humor. Mais tarde, tipo final do dia, mais cansado, sei que conto com regresso do mau humor até...bem, aí dependerá do programa que tiver em mente. Se for mais uma daquelas entediantes e morosas reuniões de condomínio depois do jantar (em que tenho de estar presente de vez em quando para o sorteio do lugar da garagem)...ninguém me atura. Nessa altura detesto tudo e todos e digo muito mal da minha vida. Aliás, já consegui uma vez o feito singular de contar (para dentro, claro ) até 560 em 3 línguas diferentes. Para me controlar e não explodir naqueles momentos em que são alimentadas as tão habituais conversas estéreis e desenquadradas. Foi muito giro até porque com o esforço mental comecei a ver tudo turvo e tive de me apoiar na parede (estava de pé). Se por outro lado tiver algo combinado, com alguém simpático e sem barba e sem pelos nas costas, tanto melhor. Um programa agradável com companhia agradável, portanto..E aí as coisas funcionam de outra forma. Chamo a isto "invocar" o bom humor recorrendo a um revigorante duche.

Acho bestial que haja alguém que consiga acordar bem disposto ou manter o bom humor ao longo de um dia. Um dia em pleno e marcado pela boa disposição. Tenho o privilégio de conhecer algumas pessoas assim. Infelizmente, e para mim, afigurasse-me um caminho algo complicado, neste actual momento. Não me lembro de alguma vez ter acordado bem disposto. Claro, não estou a contar com as manhãs a seguir às tão agradáveis noites da consoada. Agora que penso nisto, talvez haja uma ligação entre o mau humor e o facto de há uns anos a esta parte receber menos prendas. Ver se não me esqueço de explorar mais este pensamento..

Em paralelo, tentarei de vez em quando passar um dia todo....com boa disposição! Só para variar um pouco.

Próximo Tema: A Casa Assombrada

Sem comentários: