quinta-feira, setembro 15, 2011

Fraudes Fiscais

Esta coisa das fraudes fiscais dá-me muito que pensar. Às vezes penso que quem consegue desviar muito dinheiro tem de ter invariavelmente duas coisas: inteligência e boa disposição. 

Se a inteligência a que me refiro acima qualquer pessoa percebe que é necessária, já a boa disposição acredito que não se chegue lá com facilidade. Eu ajudo. Sempre que vejo um desses corretores ou alguém que conseguiu desviar milhões de patacas de uma empresa (ou de vários clientes que nele confiaram) ser detido, invariavelmente vejo-os a rir-se com gosto. Convido quem lê este texto a estar atento às próximas notícias sobre fraudes fiscais e ajudar-me a tentar perceber qual é a razão dessa boa disposição. Talvez também me desse vontade de rir.

À semelhança do que acontece com vários "cromos" informáticos, também há um interesse por parte dos organismos estatais / privados em "recrutar" quem enriquece ilicitamente, ou à custa de bens de terceiros. Mais a mais, são esses "recrutas" os responsáveis pela detecção dos erros / lacunas que existem nos sistemas (que se querem seguros) e que falam a mesma língua de outros "colegas" de profissão a quem a Justiça ainda não deitou a mão.

Em todo o caso...quero descobrir de que se riem estas pessoas quando são detidas...!

Próximo Tema: Arrependimento

Sem comentários: