quinta-feira, novembro 24, 2011

Lições de Vida

Lições de vida, como o próprio nome indica, são as lições que se aprendem à nossa custa, em consequência de termos vivenciado algo específico. Sem ajudas.

Todos nós, de forma mais presente ou mais distante, já experimentámos ou recebemos lições de vida. Na parte que me toca, o ter sido demasiado crédulo em muitas situações ou o ter confiado em tantas outras, fez com que a vida me ensinasse que nem sempre deve ser esse o caminho a seguir. Resultado: aprendi a ser mais desconfiado, fazendo jús à máxima popular de que "quando a esmola é muita, o pobre desconfia". E realmente faz sentido.

Outra coisa que vou interiorizando ao longo dos tempos é que ninguém dá nada a ninguém ou que "não há almoços grátis". As pessoas são cada vez mais individualistas, mais egocêntricas e por muito que apregoem o contrário, em primeiríssimo lugar está o seu umbigo. Depois o resto. Não condeno. Respeito.

Numa fase de conhecimento de alguém interessa pois perceber que lições de vida já terá recebido essa pessoa. Que experiências de vida tem essa pessoa. Tal percepção poderá fazer a diferença entre uma pessoa mais ou menos madura que nós, e caso seja assim entendido, debater, dialogar essas questões no sentido de se perceber de que forma poderão (ou não) ser vivências que no futuro poderão ser fracturantes.

É neste aspecto que julgo que residirá a essência do conhecimento e consequentemente a aferição do quão grande é a identificação que pode haver com determinada pessoa. E quanto mais identificados nos sentirmos com alguém, mais fácil será o relacionamento. Desejavelmente.

Resumindo, vivências similares poderão sugerir lições de vida e aprendizagens ou lugares comuns similares. Ou não. Daí o necessário diálogo.

Próximo Tema: Piquetes da Greve

Sem comentários: