terça-feira, dezembro 27, 2011

Andropausa

A andropausa está para os homens assim como a menopausa estará para as mulheres. A diferença básica entre a andropausa e a menopausa baseia-se no facto da menopausa atingir todas as mulheres após uma certa idade, enquanto que a andropausa poderá atingir apenas uma reduzida fracção do sexo masculino.

Uma das principais alterações que advém da andropausa é a não produção da testosterona. Sem entrar em grande no detalhe técnico, testosterona é a hormona produzida pelos homens e que faz com que eu tenha a voz grossa, uma barba cerrada qual homem das cavernas (e pêlos no peito - sem parecer um símio), seja musculado e tenha uma maçã de Adão proeminente.

Desta feita já sei que quando atingir o meio século de existência, passarei  a ter uma voz mais fina, não mais terei de me preocupar em fazer a barba, deixarei de pensar nos pêlos do peito e ainda desaparecerá  a  maçã de Adão. Tudo coisas boas. A coisa menos boa é que os livros adiantam que tem lugar uma diminuição do tamanho dos testículos (daí a diminuição da produção da testosterona) e consequente alheação dos prazeres da carne. O que me deixa pouco tranquilo e a acreditar que talvez não seja descabido começar a pensar na forma de ocupação do muito tempo livre que passarei a ter, por exemplo no estudo de viveiros de trepadeiras ou porque não tornar-me catedrático no estudo da climatização estufas para caracóis. Dois bons e aliciantes desafios.

Não tenho dúvida que o efeito da andropausa num homem é bem pior que o da menopausa numa mulher. Na mulher deixa de existir o incómodo e habitual fluxo menstrual mensal e os tão frequentes momentos de má disposição durante o período fértil passam a ter lugar de tempos a tempos. Já não falando na economia na medida em que deixa de ser necessário comprar pensos higiénicos / tampões.

No homem as coisas são diferentes. A masculinidade é severamente afectada. Afinal, deixa de ter vontade de "festa". Ou esquece-se do que é a "festa", direccionando natural e progressivamente a sua atenção para outro tipo de actividade como seja o tafetá ou o bordado a ponto cruz. Ou então ser acometido de uma vontade louca de aprender a cozinhar. Ou de ser Presidente da República. Conheço várias pessoas a quem deu para isso. Algumas têm azar e conheço uma que teve sorte de levar o seu sonho a cabo...Eu e todos os portugueses.

Contrariamente às mulheres que deixam de gastar dinheiro, nos homens há lugar a um dispêndio de dinheiro. Explico porquê. Não podia deixar de falar das honrosas excepções deste sexo forte e que entendem que com 93 anos ainda estão "aí" para as curvas. E que perpetuam a sua actividade sexual com octogenárias recorrendo ao comprimido azul. Para sua auto-afirmação e para desespero das companheiras. Ao que sei, é "festa" toda a noite!

Há malucos para tudo. E ainda bem que assim é!

Próximo Tema:  Festa de Passagem de Ano

Sem comentários: