sábado, dezembro 03, 2011

Centros de Emprego

Nos dias que correm, os centros de emprego deviam ser dos locais mais procurados por quem ficou sem emprego. Refiro que deviam porque nem sempre o próprio desempregado recorre ao centro de emprego da sua área de residência, e como tal, a estatística relativamente aos desempregados vale o que vale. Poderemos estar perante "mais um iceberg"...ou seja, ser muito maior o número de desempregados do que aquele que é avançado pelo Instituto Nacional da Estatística (INE).

Para alguém que sempre teve trabalho (e bem pago), poderá parecer desprestigiante ser visto por um amigo ou amiga numa fila do centro de emprego às 0800H. Compreendo isso. As justificações que têm de ser dadas, o repisar uma realidade má e confrangedora fazem com que a vontade de alguém ir para uma fila do centro de emprego, logo de manhã, não seja muito diferente da vontade em sair da cama de madrugada para ser sovado.

Na minha opinião, e por muito que custe ou seja complicado pensas nisso, é importante que as pessoas se inscrevam nos centro de emprego enquanto desempregados. Só assim se poderá ter uma noção real do flagelo do desemprego e tomar iniciativas que visem o rápido decréscimo desta percentagem. Nomeadamente canalizar parte das ajudas financeiras externas para este problema, em vez de se dar tanta importância a assuntos de somenos importância neste momento tão delicado.

Com o (quase) certo endurecimento das medidas da austeridade em 20112, muitas serão as empresas que não conseguirão manter as portas abertas, e consequentemente será naturalmente incrementada a taxa dos desempregados. Julgo, como refiro acima, que deveria haver a obrigatoriedade de inscrição no centro de emprego. Bem sei que com o que mencionei é complicado e também sei que as pessoas acabam por não se deslocar aos centros de emprego. Contudo, acredito que é o local próprio para se procurarem oportunidades de emprego, e para atestar perante o Estado que se está à procura de emprego, por forma a ser atribuído o subsídio (de desemprego). E pôr de vez de lado o pensamento de que é algo "demeritório".

Próximo Tema: Suporte Técnico

Sem comentários: