domingo, dezembro 15, 2013

Concursos Televisivos

Na medida em que os meus treinos terminam não raro após a hora do jantar são muitas as vezes que tenho a felicidade de assistir a alguns concursos televisivos. Destaco entre outros o "Quem quer ser milionário" e o "Hell´s Kitchen". E passo a explicar o porquê de ser mais provável eu mudar de sexo do que alguém me ver como concorrente em qualquer um destes programas de elevado interesse do público em geral.

"Quem quer ser milionário"

Trata-se de um concurso onde são testados exaustivamente os conhecimentos dos concorrentes em vários domínios. É actualmente apresentado pela minha querida amiga e muy estimada Manuela Moura Guedes que faz questão de o relembrar todas as noites, não vá alguém mais distraído esquecer-se. Acho-lhe tanta piada. Também é engraçado constatar que as primeiras perguntas endereçadas pela Nela ao concorrente...seriam respondidas pelo meu Afonso com uma perna às costas e assim já conseguisse o petiz falar: "Quais as cores que não estão na bandeira de Portugal" ou "Organize os graus académicos desde liceu até Doutoramento"...são dois bons exemplos de perguntas de "entrada"..para passar a mão no pêlo dos visados. É claro que a coisa se complica. E às vezes dou comigo a pensar que com o calor do estúdio e o avançar das perguntas seja frequente as camisas se irem colando às costas dos concorrentes. Posso avançar que até já coloquei um "reminder" na minha agenda para não me esquecer de enviar um sms à  Nela para rever o critério de selecção de algumas pessoas que lá vão responder às perguntas da minha amiga. Em alguns casos fico a pensar que saíram debaixo de uma rocha directamente para a cadeira onde são interrogados de tão asnos são a responder. Perguntas básicas e respostas dadas....completamente ao lado. Mas o modelo do concurso é esse mesmo. E é preciso respeitar o mesmo.

"Hell´s Kitchen"

Aqui a conversa já é outra. Para começar assumo sem qualquer pudor que não poderia lá ir pelo facto de ter um ódio de estimação com o "chef" Gordon. Porquê? Porque é um pedante arrogante. E mais. Pelo facto de ser reconhecido como alguém que faz um bom "Bacalhau à Braz" não lhe dá o direito de berrar com as pessoas e fazê-las ficar com dor de cabeça. É aqui que reside a minha impossibilidade clara e inequívoca de participar no programa. Ainda que mostrasse ao júri quão delicioso é o meu esparguete com gambas. Ou o meu bife grelhado. Entre outros pitéus que só eu sei confeccionar.
Quero acreditar que há neste programa / concurso uma grande dose de ficção. Ou seja, que as pessoas são maltratadas, mas que é algo "combinado" antes do episódio ser gravado. Se assim não fôr não compreendo como é que ninguém atirou com óleo a ferver para os olhos do "chef". Ou ainda não lhe atirou à tola com um pernil assado no forno com mel e ervas aromáticas! Mas não sendo ficcionado...espero ainda ver isso acontecer um dia. Basta aparecer lá alguém.....como eu!

2 comentários:

Anónimo disse...

Bem, ao ler este texto tenho mesmo que me rir...a Manuela, tua amiga...eheh...Nelinha para os amigos...como eu tinha razão quando te dizia " a Manuela (a Moura Guedes), tua amiga, está a precisar conversar, deve ser o programa novo............" :)

Concordo que é preciso uma grande dose de paciência para ver e participar neste tipo de programas.
Bj

PAz

Anónimo disse...

Carissimo, simples nao os assista. Se e uma pessoa inteligente, porque o faz? Existe programas muito interessantes