domingo, março 01, 2015

Os entas

É verdade. Cheguei há dois dias atrás aos 40 anos. Não me sinto minimamente mal com o facto. Muito pelo contrário. Gosto de ter 40 anos. Ser quarentão. E ter um espírito e um corpo de alguém com menos 20 anos que eu.
Chegado a esta idade importa fazer um primeiro ponto de situação daquilo que já vivi. Terei, como qualquer um de nós, algumas referências. Umas boas, outras nem tanto. Passaram pela minha vida muitas pessoas, sendo que umas deixaram saudade por não ter tido oportunidade de as conhecer mais e melhor e outras que por este ou aquele motivo não deixam saudades. Globalmente tenho uma apreciação bastante positiva daquilo que já vivi. Não direi excelente porque como é sabido, sou demasiado crítico e exigente...mas estou em crer que qualquer outro ser humano à face da Terra avaliaria a minha vivência como bestial e bafejada pela sorte.
O ano em que estamos já começou com a consecução de alguns objectivos pessoais. Mais no campo profissional é certo, mas que naturalmente contribuem de forma directa na minha pessoa.
Sinto-me mais maduro e responsável. É curioso dizer isto quando aquilo que aconteceu foi apenas e só o passar de mais um dia do calendário. Mas o que é certo é isto que sinto.
Posto isto..a todos e todas que me desejaram um feliz aniversário o meu obrigado. Aos que não desejaram, estou certo que estive todo o dia no seu pensamento!! Para o ano há mais!

Sem comentários: