domingo, fevereiro 21, 2016

Quebrar rotinas

Quebrar ou cortar com rotinas é, sem dúvida, um dos meus grandes desafios pessoais para este ano. Não sei se o irei conseguir, é um facto, mas tentarei.
A questão que se coloca é precisamente o sair da zona de conforto que as pessoas criam. Não quero com isto dizer que comecemos a furar, por exemplo, as rotinas ou horários que têm de ser cumpridas(os). Ou que de um dia para o outro comecemos, por exemplo, a falar em moldavo e a andar na rua sem roupa. Não é por aí. A questão é conseguir eu mesmo alterar algumas coisas no meu dia-a-dia. Coisas simples, como por exemplo, não acordar sempre à mesma hora (sem deixar que isso afecte o cumprimento de horários profissionais). 
Não será nada fácil numa pessoa como eu. Onde há muita disciplina. Muitas regras. Antevejo alguns  (vários) dilemas. Veremos, durante este ano que avanços vou conseguir!

Sem comentários: