domingo, fevereiro 26, 2017

Fazer-se de morto

Mais uma característica (entre tantas outras) que algumas pessoas têm e que tem o dom de me irritar - alguém "fazer-se de morto".
Para quem nunca ouviu esta expressão, muito resumidamente, consiste em...fingir que uma qualquer situação que envolva uma tomada de responsabilidade, ou que em teoria envolve uma decisão, não foi entendida como tal. Que não é nada com essa pessoa. Comparo com muitíssima facilidade a um teatro de guerra, e associado a alguém deitar-se no chão enquanto os colegas "dão o peito às balas", vão à luta, para que o/a outro/a se finja de morto derivado à falta de coragem (ou de carácter).
Este traço de personalidade é mau. Pessoalmente, vejo como um aspecto muito negativo e que, naturalmente, não me faz ter a melhor ideia da pessoa. Muito pelo contrário. E conheço muitas pessoas assim. Que se fazem de mortos/as. E que só quando deixam de ouvir as balas voar...se levantam. Afinal alguém venceu (ou perdeu) a batalha por eles/as!

Sem comentários: